terça-feira, maio 30, 2006

CAMARATE - Um retrato da justiça que temos.








O chamado 'caso Camarate' termina por razões meramente processuais. Podem finalmente virar a página os mentores do crime, com amigos bem colocados. A 'justiça' foi eficaz no seu contributo. Como diz o povo:

"Quem tem amigos não morre na cadeia"

>>>>> <<<<<

"Choca ao senso comum que o Estado não tenha, em tempo útil,
investigado e feito justiça, apurando uma sentença, fosse ela condenatória ou absolutória"...
"É lamentável e deixa o Estado português e os tribunais com um triste papel,
no que quase me soa a uma lamentável e gritante denegação da justiça"...

palavras de Nuno Melo, deputado que presidiu à última comissão parlamentar de inquérito sobre Camarate, em declarações à agência Lusa, segundo o Diário Digital.

Mais comentários para quê?... O poema diz o resto.



JUSTIÇA


Se alguma vez encontrei
Razão p'ra compor poemas
Foi o ter visto que a lei
Põe os interesses da grei
Atrás de muitos esquemas.


Sabendo quanto me exponho
Às críticas discordantes
Não abro mão do meu sonho;
Compondo, como componho,
Acuso apenas tratantes.

Justiça?!... Se fosse feita
Sem ver o nome do réu,
Não sendo embora perfeita,
Faria andar mais direita
A vida de quem sofreu.


Vítor Cintra

No livro: MOMENTOS

6 Comentários::

At 30/5/06 2:53 da manhã, Anonymous batista filho said...

Belo e oportuno poema, num mundo e num tempo onde os interesses dos poderosos se colocam sempre à frente da justiça.
Grato pela visita e pela oportunidade que me foi concedida de conhecer o teu sítio.
Deixo um abraço fraterno.

 
At 30/5/06 7:18 da tarde, Blogger Alma de Poeta said...

Até hoje, Sá Carneiro é o lider que meu marido idolatra politicamente.
E cada vez mais existem motivos para isso, vendo o percurso que a nossa politica Portuguesa leva.
Um beijo amigo

 
At 30/5/06 9:00 da tarde, Anonymous Angélica said...

Oi kerido..adorei conhecer aki..é uma graça..beijaum p ti..uma otima semana!

 
At 30/5/06 11:02 da tarde, Anonymous Hilda said...

Excelente enfoque para o poema: crítica política!

Pena que aí, em Portugal, como aqui no Brasil, os acontecimentos que nos marcam, são os de injustiças, corrupções ...Teu blog já está nos "Favoritos", parabéns!

 
At 31/5/06 8:19 da tarde, Blogger DE PROPOSITO said...

Pois é. Este processo ainda começou, e os outros os dos 'pelintras', esses não interessam, nem ninguem fala.
Manuel

 
At 31/5/06 10:21 da tarde, Blogger AZUL said...

Es un proceso complicado la política....gracias por compartir justicia, información y poesía!

Un beijo;)

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home