domingo, dezembro 21, 2008

BOM NATAL para todos!

.


.
R E S P E I T O
.
Pelas beiras dos caminhos
Sabe Deus quantos velhinhos
Andarão neste Natal,
Sem que o mundo à sua frente
Lhes prometa que o presente
Não será sempre o normal.
.
Quando o hoje é semelhante
Ao passado já distante,
Como o ontem foi igual,
O futuro não existe
Num presente, que é tão triste,
Sem prever melhor final.
.
O saber de muitos povos
Determina que os mais novos
Reconheçam ao idoso,
Na velhice, ter direito
A viver com mais respeito
E um pouco de repouso.
.
Mas serão tão atrasados
Esses povos, apontados
Como gente mais selvagem?...
Ou será que o ocidente,
Se tornou tão indif'rente
Que recusa apendizagem?...
.
Vítor Cintra
No livro: RELANCES

25 Comentários::

At 21/12/08 5:58 da tarde, Blogger nona e eu said...

lindo a sua poesia

 
At 21/12/08 6:19 da tarde, Blogger Mário Relvas said...

Vejo que apagaram comentários meus anteriores, mas, "Feliz Natal"!

 
At 21/12/08 7:13 da tarde, Blogger tulipa said...

Com o Natal à porta, os meus votos são:
Que nunca cesses de encontrar novas possibilidades na vida e em ti próprio.
Que mantenhas dentro de ti uma Paz que nada possa destruir.
Que o ano 2009 seja tal como desejas.

Beijos.

Retribuo e agradeço os votos de Boas Festas.

 
At 21/12/08 7:21 da tarde, Blogger Ana S. said...

olá Vitor.
Desejo-te um feliz Natal junto os que mais amas.

Beijinhos

 
At 21/12/08 7:38 da tarde, Blogger tb said...

Que bela forma de dizer...tenho andado um poucodistante, mas não esquecida. Vim ler e deixar os meus votos para que o mundo seja um pouco melhor.
Boas Festas!
:)***

 
At 21/12/08 8:27 da tarde, Blogger ARICADA MAN said...

Um bom Natal e Felizes Festas!
J. Ferreira

 
At 21/12/08 10:35 da tarde, Blogger ALG said...

Um Bom Natal, repleto de tudo o que mais desejes e na companhia dos mais queridos!

Abraço.

 
At 21/12/08 10:37 da tarde, Blogger Odele Souza said...

Amigo,
Que delicado este vídeo com suas diferentes paisagens, comos se fossem vários cartões. A música também é muito suave e bonita.

E teu poema é uma bonita homenagem ao idoso, que sabemos nem sempre é respeitado.

FELIZ NATAL Vítor.

 
At 21/12/08 10:45 da tarde, Blogger Ana Martins said...

Caro Vitor,
lindo poema, o retrato da situação de muitos velhinhos.
Parece mesmo que o Ocidente de facto se recusa à aprendizagem.

Beijinhos e um Santo Natal.
Tudo de bom,
Ana Martins

 
At 22/12/08 8:37 da manhã, Blogger rouxinol de Bernardim said...

Feliz Natal para ti e para os que te são queridos.

 
At 22/12/08 2:25 da tarde, Blogger Sport said...

UM Santo Natal e um ano de 2009 com uma réstea de esperança em dias melhores.

Um abraço

Jorge Leite

 
At 22/12/08 6:11 da tarde, Blogger DE-PROPOSITO said...

O saber de muitos povos
-----------
O respeito, e a falta de respeito, sempre existiram.
-------------------
Agradeço e retribuo os VOTOS DE BOAS FESTAS.
Um abraço.
Manuel

 
At 22/12/08 7:20 da tarde, Blogger antónio paiva said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 22/12/08 7:21 da tarde, Blogger antónio paiva said...

...

Estimado Amigo,

o Natal cada vez mais me tira do sério.

é, quando são mais evidentes a injustiça e o egoísmo.


tudo de bom para ti e para os teus.

um grande abraço.

 
At 23/12/08 2:37 da tarde, Blogger maresia_mar said...

Olá
Faz deste Natal um tempo diferente, não te esqueças de procurar Jesus bem dentro do yeu coração!
Feliz Natal e um 2009 pleno de coisas boas!
Volto só depois de 5 de Janeiro!Bjhs

 
At 23/12/08 10:42 da tarde, Blogger margusta said...

Entre a beleza dos teus versos Vitor, deixo semeados os Votos de um Bom Natal!!!

Com muita Paz , Saúde e Amor!
Um beijinho meu!

 
At 24/12/08 1:08 da manhã, Blogger Vivian said...

...que encanto de canto!!

Natal é renascimento,
é confraternização,
é solidariedade,
é sensibilidade
diante do Mestre Jesus,
esta luz que nos guia
para as realizações
de todos nossos desejos
e sonhos.

Que assim seja!!!

Tenha um Feliz Natal, doce poeta!!

 
At 24/12/08 10:17 da manhã, Blogger O Sibarita said...

Oi! Que porreta sua poesia, é isso mesmo, excelente!

Desejo-lhe e a sua família um natal repleto de muita paz, harmonia, bondade, caridade e perdão.

Oi já coloquei o texto do natal, passe lá.

abraços,
O sibarita

 
At 24/12/08 11:40 da manhã, Blogger leituras said...

Que o Natal seja um tempo de paz, de esperança e amor.
Que 2009 seja o prolongamento desse tempo de Natal, para que a paz perdure, a esperança encha os nossos horizontes e o amor acalente cada coração.

Boas Festas!

 
At 25/12/08 5:17 da tarde, Blogger Luz said...

Mais um poema fantástico e que, de tão verdadeiro, até dói.
Muito obrigado pelos votos de boas festas.
E que, neste Natal, o menino jesus te traga tudo aquilo que mais desejas e que mais precisas.
Luz

 
At 25/12/08 5:17 da tarde, Blogger Luz said...

Mais um poema fantástico e que, de tão verdadeiro, até dói.
Muito obrigado pelos votos de boas festas.
E que, neste Natal, o menino jesus te traga tudo aquilo que mais desejas e que mais precisas.
Luz

 
At 25/12/08 5:19 da tarde, Blogger Luz said...

P.S -O endereço do blgue é:
http://pequenospassos-luz.blogspot.com/
Boas Festas
Luz

 
At 27/12/08 11:58 da manhã, Blogger Rosa Silvestre said...

Um fabuloso poema para tempos incertos, sedentos de afectos e de essencialmente de amor.
Excelentes Festas, Vítor!
Bjinhos da RS.

 
At 27/12/08 3:50 da tarde, Blogger nanda said...

Feliz 2009 para si.

 
At 5/1/09 12:04 da manhã, Blogger Å®t Øf £övë said...

Vítor,
São diferentes perspectivas de ver o Natal, e a vida. Depende sempre do lado da "barricada" em que nos encontramos. Este mundo está cheio de desigualdades, e assimetrias.
Abraço.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home