sábado, dezembro 13, 2008

C.Cavª 570 - Jantar do Natal

(imagem recolhida na internet)
.
Os Natais de 1963, 1964 e 1965, foram passados e Moçambique, de camuflado vestido e arma por companheira.
Tínhamos então pouco mais de 20 anos, os sonhos haviam ficado para trás e o futuro era assunto em que não havia tempo para pensarmos.
Foram anos difíceis, é certo, mas ricos de fraternidade e partilha.
Ao nosso lado, noite e dia, caminhava, velando pela nossa segurança, aquele camarada, quase irmão, por quem também sacrificaríamos o mundo para garantir a sua defesa.
Hoje, o peso dos anos faz-se sentir. A juventude há muito que ficou pelo caminho. O mundo mudou. Mas a nossa amizade, cimentada nesses anos, mantém-se, enriquecida pela maturidade.
Já não somos uma Companhia de Cavalaria, tornámo-nos uma família. A Família 570. E é como família que, ano após ano, nos reunimos num "jantar de Natal", relembrando, desses anos, cada Natal que não festejàmos.
Hoje vai acontecer o jantar deste ano. Nele estarão também, presentes em espírito, todos aqueles camaradas que já partiram.
.
Z A M B É Z I A
.
Desta Zambézia, tão farta
De tudo o que a terra dá,
Saudades sente quem parta,
Levando, quando se aparta,
Vontade de voltar cá.

Saudades do sol poente,
Que pinta o céu de vermelho;
Saudades da sua gente
- Sorriso franco, tão quente -
Saudades do preto velho.

Saudades de tudo e nada,
Dos rios, vales e montes,
Dos sons da noite estrelada,
Do cheiro a terra molhada,
Dos ecos, dos horizontes.
.
Vítor Cintra
No livro: AFAGOS

6 Comentários::

At 13/12/08 2:57 da manhã, Blogger Menina do Rio said...

Memórias que se juntam numa mesa a confraternizar momentos inesquecíveis!
Deixo-te um beijo e tenham um excelente jantar!

 
At 13/12/08 10:45 da tarde, Blogger Ana Martins said...

Saudades sentidas num excelente poema!
ADOREI!!!!

Beijinhos

 
At 14/12/08 5:15 da tarde, Blogger DigitalnoIndico said...

Lindo o poema. Sem dúvida que recordar é reviver. K o almoço tenha sido, muito bom, para exercitar a memória de coisas k fazem a história da vida...
um abraço, Ana

 
At 17/12/08 12:08 da manhã, Blogger A Luz A Sombra said...

A amizade e camaradagem é dos sentimentos mais bonitos da Humanidade. Oxalá que o jantar tenha corrido bem e tenham estado todos presentes.
Obrigada o comentário nas minhas "Quase nuas". Eu gosto das árvores assim.
Um abraço Victor e parabéns pelo Poema.
A Luz A Sombra

 
At 20/12/08 1:16 da tarde, Blogger Elsa Martinho said...

Memórias bem sentidas...

Beijinho e um Feliz Natal!*****

 
At 16/2/09 7:47 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É com muito agrado que descobri notícias da C.C.570.A ceia de Natal correu bem como sempre ou não sejamos uma família.Um abraço para os que ainda pertencem ao reino dos vivos.1ºCabo 875/63 Jorge Pinto

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home