terça-feira, agosto 12, 2008

Assalto ao BES

.
O que mais me revolta, no rescaldo deste caso, é a postura de certos pasquins. Para eles, o trauma das vítimas do sequestro não importa. Nem merece a mais pequena referência. Importante é tentar fazer passar a mensagem de que os delinquentes até eram boas pessoas.
.
D E S C O B R I R
.
Descobrir a importância
Do que em nós é positivo
É, de certo, lenitivo,
Que adquire relevância,
Sobretudo quando a ânsia,
Por instinto depressivo
- Tantas vezes compulsivo -
Nos isola na distância.

.
Vítor Cintra

No livro: HORIZONTES

12 Comentários::

At 12/8/08 8:46 da tarde, Blogger Ana S. said...

Pois é Vítor! Afinal os assaltantes eram bons rapazes...ahahaha. E o trauma que ficará para sempre nas vitimas não conta? Se o sobrevivente for para o Brasil vai cumprir só 3 anos de pena (isto se não fugir antes).
E não está sendo estranho poucos blogs falarem no assunto? Consigo contar pelos dedos os que sequer mencionam o assunto. Parece que é politicamente incorrecto!!!
Beijos

 
At 12/8/08 8:53 da tarde, Blogger Papoila said...

Vítor:
Para quem viu em directo uma cena que parecia tirada de um filme, mas infelizmente era bem real e ali em directo, estivemos de coração na mão à espera do desfecho trágico. Considero a actuação da policia exemplar. Sei que a polícia atingiu os assaltantes antes que estes alvejassem os reféns. Os agressores muito "boas" pessoas não têm algemas nem armas em casa...
Beijos

 
At 12/8/08 11:41 da tarde, Blogger Å®t Øf £övë said...

Vítor,
Portugal está aos poucos a tornar-se num país cada vez mais violento, e isso sem dúvida que deveria preocupar-nos a todos nós.
Abraço.

 
At 13/8/08 5:17 da manhã, Blogger Odele Souza said...

Sobre o primeiro comentário:

Não é só no Brasil que o sistema penitenciário é falho. E a violência é hoje uma praga mundial.

Um abraço Vitor.

PS. E de posse finalmente de um novo equipamento, entrei facilmente em teu blog. Ainda bem.

 
At 13/8/08 9:47 da manhã, Blogger Isabel-F. said...

Pois eu concordo contigo ...

e apoio incondicionalmente a actuação da polícia ... pode ser que sirva de exemplo ...

que os deliquentes tenham visto que a nossa polícia sabe actuar ... oxalá isto os faça recuar ... pode ser que agora venham a pensar antes de acturarem .. pensando que também podem (desculpa os termos) "levar um balázio nos cornos e ir desta para melhor" ... pois que não fazeem cá falta nenhuma ...

beijinhos

 
At 13/8/08 9:49 da manhã, Blogger Isabel-F. said...

p.s.:

só me esqueci de dizer uma coisa: isto não tem nada a ver com raças ... fossem brancos, amarelos ou às pintinhas a actuação seria a mesma ...

espero que os meninos da Quinta da Fonte estejam a pensar nesta actuação da polícia ...

 
At 14/8/08 2:28 da manhã, Blogger Janeca said...

Que os terá levado a ter aquele comportamento?

Bem sei que háuma 1ª vez para tudo.

 
At 14/8/08 10:10 da manhã, Blogger maresia_mar said...

aqui não está em causa nem a raça nem a cor, mas o bandistismo, o que importava era a segurança das vitimas, mais nada!

finalmente, vou de férias.. Até setembro.
Não te esqueças de ser feliz.
Beijos

 
At 14/8/08 10:15 da manhã, Blogger Teresa Durães said...

noutro país chamavam psicólogos para dar apoio...

 
At 14/8/08 12:17 da tarde, Blogger DE-PROPOSITO said...

Do que em nós é positivo
----------------
O que é positivo para nós, poderá não o ser para outros.
Um abraço.

 
At 14/8/08 12:23 da tarde, Blogger leituras said...

Amigo,
Subscrevo integralmente a tua revolta.
Invocar razões de desculpa é subverter a verdade, que assenta objectivamente no facto de que se tratou dum acto criminoso muito grave.
É óbvio que, para os "pasquins" de que falas a actuação da polícia foi demasiado dura. Contudo, e quanto a mim, os atiradores da polícia só podem ser criticados por terem errado um dos tiros.

Boa semana

 
At 14/8/08 1:26 da tarde, Blogger soslayo said...

Vítor Cintra:

Concordo contigo no tocante à falta de apoio das pessoas feitas reféns. Está certo que a nossa polícia agiu bem na eliminação de elementos que são uma praga actual na nossa sociedade, sejam eles de que raça forem, pois aqui, não esão em causa as nacionalidades mas, o mal que nos causam. Numa terra até há pouco tempo considerada de "brandos costumes". Infelizmente a nossa tranquilidade parece-me que está acabando... Um grande abraço.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home