quarta-feira, junho 29, 2011

A "seita" que nos conduziu à ruína

(imagem recolhida na internet)


.
"O Governo tem como meta, estabelecida no acordo com a troika, atingir um défice não superior a 5,9% do PIB no final deste ano, apresentando neste primeiro trimestre um défice superior à média pretendida para o total do ano.
De acordo com os dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística, o défice de 7,72% (3.177 milhões de euros) é referente apenas ao primeiro trimestre deste ano.
Face ao último trimestre de 2010 o défice apresenta uma diminuição de 1,62 pontos percentuais. No primeiro trimestre de 2010, o défice orçamental foi de 3.886 milhões de euros, o que equivale a 9,51% do PIB desse trimestre.
O INE indica ainda que nos últimos 12 meses terminados no final de Março deste ano, o défice das Administrações Públicas situou-se nos 8,7% do PIB."
(Fonte de informação Diário Digital/Lusa)


*************


Esta é a herança que o compadrio, a incompetência e a irresponsabilidade «so cretina» deixou aos novos governantes, cujo programa de governo acaba de ser conhecido. Programa, aliás, que com a maior desvergonha, pela boca incompetente de Vieira da Silva, o último coveiro da economia portuguesa, os socialistas já vieram criticar.
Perante isto, cabe perguntar se não é tempo de exigir que sejam julgados, conforme prevê a Constituição, os responsáveis pela situação para que o país foi arrastado, situação que, aliás, tem muito mais a ver com a incompetência, compadrio, corrupção e negociatas socialistas do que com qualquer crise internacional? E cabe perguntar também se os juízes e demais agentes da Justiça, responsáveis não só por encobrimento mas até por destruição de provas de crimes dos políticos, não deverão ser também indiciados e igualmente tratados como réus de delito contra Portugal e o povo português?


B R A Ç O.... D A D O
.

Num país tão maltratado
O ladrão vai lado a lado
Co' o político, à solta,
Protegidos por escolta,
Arengar "democracia
.
Nas vivências do passado
Já andavam, braço dado,
Provocando à sua volta
Sentimentos de revolta.
Governavam-se à porfia.
.
Mas depois, vejam bem isto
O ladrão virou ministro
Sendo o outro deputado.
E o país foi confrontado
Com mais pobres, cada dia.

.
Vítor Cintra

No livro: FRAGMENTOS

3 Comentários::

At 1/7/11 10:02 da tarde, Blogger Teresa Durães said...

venha Fontes Pereira de Melo para recuperar o país

 
At 3/7/11 5:23 da tarde, Blogger Maria da Luz Borges said...

Ai Mano que ao publicar esta fotografia até me paraste a digestão. Certamente esta noite vou ter pesadelos!
Esperemos que os tempos que se aproximem sejam pelo menos de mais honestidade!

 
At 12/7/11 1:05 da manhã, Blogger Odele Souza said...

Torço para que Portugal e portugueses tenham melhores dias. Um país e um povo que amo.

Abraço.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home