sábado, agosto 12, 2006

UMA PÁTRIA ADORMECIDA ou envergonhada?



O QUE NOS ACONTECEU?...
Somos uma das nações mais antigas do mundo.
Desde que D. Afonso Henriques, perseguindo o sonho, saiu de Guimarães, à frente de um punhado de homens. Poucos, é certo, mas com alma de gigantes.
Os séculos passaram e os feitos multiplicaram-se. Mas nunca fomos muitos.
Na escola os professores ensinavam-nos a ter orgulho nessa nossa pequenez - em número - e na grandeza da nossa alma.
E os nomes dos nossos egrégios sucediam-se. E surgiam a nossos olhos, tantos, tantos, que dava a ideia de que cada filho desta Nação nascia já predestinado.
Nem tudo fizemos bem, ao longo da nossa história, como nação, naturalmente. Mas fizemos!... E de tal modo o fizemos que o Poeta se questionou:
"Como foi possível a tão poucos fazer tanto?"
Valeu a pena?... Valeu, certamente! Mas a essa questão vem também dele, do Poeta, a resposta:
"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena."
.
Então o que nos aconteceu?... Para onde foi a nossa grandeza de alma?... Será que a nossa génese mudou?... Pessoalmente não acredito em tal. Julgo, isso sim, que nos falta apenas um abanão que nos faça acordar do marasmo em que a verborreia oportunista dos fazedores de promessas nos mergulhou.
..
.
CONDESTÁVEL
.
Que Santo Condestável não permita
Que a falta de coragem demonstrada,
Mantendo no poder esta cambada,
Nos traga, no futuro, mor desdita.
.
Aqui, neste país de sonhadores,
Onde há poetas, santos e guerreiros,
Que nunca pelejaram por dinheiros,
Existe um' alma lusa com valores.
.
Nasceram, deste povo, tantos nobres
Que até, entre a nobreza, havia pobres.
Mas nunca tanta gente detestável.
.
Depois de descalabro tão intenso,
Salvar este país, que foi imenso,
Só mesmo com um novo Condestável.
.
Vítor Cintra
No livro: ENCRUZILHADA

15 Comentários::

At 12/8/06 2:24 da manhã, Blogger Manel do Montado said...

Caro Vítor,
A resposta apesar de complexa afigura-se simples.
Outrora os chefes das nações lideravam pelo exemplo, hoje carecem dele porque o não conhecem.

 
At 12/8/06 1:30 da tarde, Blogger CAntonio said...

Caro Vitor,


Simples e bonito.

Copiei (por enquanto para mim) e adorei.

Maravilhoso.

 
At 12/8/06 2:29 da tarde, Anonymous Andrea Duarte said...

Oi, amiga! Mudei de endereço, me visita lá tá? Linda poesia! Bjussssssss

 
At 12/8/06 2:51 da tarde, Blogger Sophie said...

Sempre belo, sempre certeiro e preciso em tudo que diz.
O Vítor é uma pessoa, sem dúvida especial.
Um beijinho enorme,
Ana

 
At 12/8/06 8:36 da tarde, Blogger Luna said...

Quem sabe se voltarmos a acreditar nas coisas simples que o dinheiro não compra, como o cheiro da fruta de um pomar e não na fruta linda que a nada sabe, no cheiro das flores silvestres e não em flores sem cheiro guardadas no frigorifico, acreditarmos que todos somos humanos mas que podemos unir as nossas mãos ainda que diferentes
beijos

 
At 12/8/06 9:43 da tarde, Anonymous Hilda said...

Sim, o que está faltando é o "abanãao" para acordar os homens, de todas as nações da verborragia enganadora dos corruptos sem alma, sequer pequena ...

"Tudo Vale a Pena se a Alma não for Pequena"

O POETA foi certo, a alma não pode ser pequena!

 
At 13/8/06 8:46 da manhã, Anonymous neide said...

olá passando pra te desejar um otimo domingo e uma otima semana fica com Deus. bjos

 
At 13/8/06 10:07 da manhã, Blogger Sara Fuentes said...

Bom dia, Vitor!
Aqui, hoje, dia dos pais, quero te parabenizar caso sejas pai.E se não o for, personalizar em nome de todos.
Parabéns!

 
At 13/8/06 7:01 da tarde, Blogger A Cor do Mar said...

Ola Silva, dei uma voltinha e gostei da lucidez a bem explicita escrita. mas eu acho que o progresso deu cabo disto tudo ...:PP Nao vai ter retorno, infelizmente :((
Agradeço a sua visita e posso fazer-lhe uma sugestão ? Publica sobre Mafra uma zona tão rica. A minha mãe é do Concelho de Mafra e ´la guardo a minha infancia e por aí fora... q saudades... Adeus Silva e aqui deixo uma beijoca ;**

 
At 13/8/06 7:24 da tarde, Blogger Cris said...

Não posso concordar mais com o Manel do Montado, antes os lideres eram-no por mérito, sangue e suor nas batalhas, lutaram lado ao lado com o povo que juraram defender e honrar. Agora......

A nossa alma lusitana, porque orgulho-me muito de ser portuguesa, não é pequena, nem cobarde, está acomodada, como muitos de nós.

Bjs

C.

 
At 13/8/06 8:11 da tarde, Blogger Cris said...

Bach, Handel, Scarlatti, sim, são boa companhia. Gosto mto de Handel.

Obrigado pela visita!!! Aparece mais vezes!

Bj

 
At 13/8/06 8:50 da tarde, Blogger Cris said...

és sempre bem vindo, pergunta:

Sou novata nestas andanças, eu devo responder-te na tua página ou na minha?

Bj

C.

 
At 13/8/06 9:35 da tarde, Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Foi através de outro bloggue que aqui cheguei atraida pelo nome.adoro poesia.vou voltar porqe gostei.
bjinho

 
At 14/8/06 11:01 da manhã, Blogger Luiz Carlos Reis said...

Eis a receita de como ascender...e desvencilhar-se por completo desse imperialismo exacerbado que estagna.
Abraços!

 
At 14/8/06 11:52 da tarde, Blogger tb said...

nem mais! hajam novos quereres...
Abraço

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home