quarta-feira, novembro 01, 2006

MADRE TERESA DE CALCUTÁ

(Imagem recolhida na net)
"A falta de amor é a maior de todas as pobrezas"
Madre Teresa de Calcutá

Há personalidades que marcam as nossas vidas de forma negativa (muitas), de forma positiva (bastantes). Algumas, de um modo que merece veemente repúdio (mais do que as necessárias), mas outras de um modo que nos deslumbra, enternece, encanta (muito poucas).
A albanesa Agnes Gonxha Bojaxhiu faz parte deste último grupo de pessoas.
Crentes, ou não crentes, creio que ninguém dirá que esta mulher não soube dar sentido à vida, fazendo, da missão a que se dedicou, um exemplo vivo do Evangelho.
Nasceu a 27 de Agosto de 1910 e faleceu a 05 de Setembro de 1997, numa altura em que as atenções do mundo estavam pendentes das notícias sobre o fim trágico da princesa Diana.

MADRE TERESA

A vida inteira dedicou a Deus.
Humildemente, transformou em regra
Tomar dos outros, com total entrega,
Os sofrimentos, como sendo seus.

Dos pobres, pobres, fez-se companheira;
Entre os doentes, mitigou a dor;
Aos desvalidos soube dar amor;
Entre os humildes foi ela a primeira.

O seu trabalho não vendeu jornais.
Não teve jóias, nem vestiu vaidade.
Não foi notícia. Só fez Caridade.

Por ser humilde, quem sabe, demais,
Deus permitiu-lhe até o ter morrido
Enquanto o mundo estava distraído.


Vítor Cintra
No livro: DISPERSOS

20 Comentários::

At 1/11/06 1:23 da manhã, Anonymous Antonio (Tavola Redonda) said...

Justa homenagem a uma mulher da história. Um simbolo de altruismo, generosidade e amor ao proximo. Cristã como poucos conseguiram ser, verdadeiramente, depois de Cristo.
Uma pessoa a ser admirada e observada como exemplo por gerações e gerações...
Lindo! Abraços

 
At 1/11/06 1:44 da manhã, Anonymous Antonio (Tavola Redonda) said...

Estamos sempre em sintonia amigo!!!
Abraços,

 
At 1/11/06 4:11 da manhã, Blogger DIGNIDADE said...

Olá!
Justa homenagem áquela que é, para mim, a mais plena e bela Mulher do Mundo.
Ela que queria ser a mais pobre entre os pobres, a que queria viver junto dos intocáveis...a minúscula senhora que se agigantava face à sua luta e que dizia mais com o seu silêncio que milhares de discursos, ela que se indignava com a miséria e fazia o mundo dos poderosos parecer uma pequena bolinha de sabão, venceu mais batalhas que todos os exércitos da História.
Talvez porque como dizia Martin Luther-King. "O amor desarmado é a força mais poderosa do mundo." e ela era só amor, abnegação e determinação.
Parabéns pela escolha da "Santa" neste dia que é de Todos.
Um bj!

 
At 1/11/06 9:34 da manhã, Blogger chuvamiuda said...

..................
felizmente que há seres humanos desse calibre
..................



Abraço e bom feriado

 
At 1/11/06 11:02 da manhã, Blogger Luna said...

A verdadeira dadiva,é a que sai do coração sem intesesse e é dado em silenco, isso sim é amor, algo que tanto falamos mas não temos a simplicidade suficiente para fazer transbordar
beijos

 
At 1/11/06 11:04 da manhã, Blogger Kalinka said...

Muito bem homenageada Madre Teresa de Calcutá, aqui no seu espaço. Parabéns pela iniciativa, ela bem o merece.
Ah...como eu sei, que a falta de amor é a maior de todas as pobrezas..
Bom Feriado.
Abraços.

 
At 1/11/06 1:10 da tarde, Blogger Fatima Gama said...

Ola meu amigo querido
Ela foi ume exemplo de ser humano, alguém que renunciou à vida para ajudar e hoje sua homenagem me emociona, mais que merecida, adorei o poema, bjs

 
At 1/11/06 1:34 da tarde, Anonymous Hilda said...

Linda homenagem a essa mulher, que é o ícone do verdadeiro Amor.

A alma sensível e amorosa do poeta transparece no poema que exalta a vida de Madre Teresa de Calcutá.

Emocionante...

 
At 1/11/06 1:52 da tarde, Blogger Valeria said...

Vítor, maravilhosa homenagem a uma mulher que soube ser humilde e ao mesmo tempo forte e lutar por aquilo que acreditava . Nunca me esqueço de um história contada por um amigo muito querido , q tb se foi a alguns anos , ele por oportunidade, foi conhece-la e pediu uma foto dela p trazer ao Brasil, ( mas na mente dele aquilo era motivo de orgulho) , ela com aquela humildade toda foi la dentro de buscou uma foto de Jesus , e disse q ela não tinha q aparecer mas sim Cristo !
Ela , creio eu, foi um dos anjos que Deus permite que fique entre nós p nos mostrar o verdadeiro sentido do amor ao proximo e a Deus !
Amei seu post , de coração !
grande beijo

 
At 1/11/06 2:16 da tarde, Blogger CAntonio said...

Caro Vitor,

Uma homenagem bela para uma personagem ímpar. Parabéns.

 
At 3/11/06 9:45 da manhã, Blogger pintoribeiro said...

Personagem que não admiro, sorry. Mas respeite-se. Bom fim de semana, abraço,

 
At 3/11/06 2:54 da tarde, Blogger pianola / Sonia R. said...

Bom fim de semana.

 
At 3/11/06 5:38 da tarde, Anonymous Jofre Alves said...

Blogue duma estética irrepreensível, comprometido com a beleza da vida, a merecer mais e constantes visitas no futuro. Gostei imenso desta página elegante. Bom fim-de-semana.

 
At 3/11/06 6:39 da tarde, Anonymous ana s said...

São exemplos como estes que deviam existir mais no mundo. A madre Teresa foi simbolo de amor, entrega e dedicação sem exigir nada em troca. beijos

 
At 4/11/06 10:59 da manhã, Blogger amadis / pintoribeiro said...

Bom fim de semana.

 
At 4/11/06 10:13 da tarde, Anonymous soslayo said...

Vítor Cintra:

Uma grande mulher, a Madre Teresa de Calcutá que viveu sempre para os outros esquecendo-se mesmo que também puderia ter tido uma vida para viver mas a isso abdicou. Deixou como exemplo a Congregação que fundou! O teu terceto traduz realmente o que representou para a humanidade esta mulher. Um abraço.

 
At 5/11/06 8:23 da tarde, Anonymous tb said...

e assim se vão da lei da morte libertando... pelas tuas mãos de mestre.
Parabéns pela tua arte, sensibilidade e olhar!
jinhos

 
At 21/11/06 11:33 da manhã, Blogger Luiz Carlos Reis said...

Meu amigo,

O altruísmo e a caridade que lhe eram peculiares... Nobre e divino poema!

Abraço forte!

 
At 4/12/08 10:51 da tarde, Anonymous Marinês Toloi said...

ABENÇOADA, BENDITA, ESTRELA DIVINA...

 
At 4/6/10 12:28 da manhã, Blogger Roquevaldo said...

Madre Teresa. Um dia quem sabe ...em outro plano talvez nos encontaremos! tu como uma santa e eu como servo!!! obrigado pelo sentindo que tu destes a vida!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home