quinta-feira, setembro 06, 2007

AUSENTE... alguns dias

Razões particulares obrigam-me a uma ausência de alguns dias, ainda que, assim espero, não tenham que ser muitos.
Aos amigos que por aqui passarem deixo, com um abraço e um "até breve", este poema - tão actual - que o génio do POETA nos legou.
.
N E V O E I R O
.
Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,
Define com perfil e ser
Este fulgor aço da terra
Que é Portugal a entristecer -
Brilho sem luz e sem arder,
Como o que o fogo-fátuo encerra.

Ninguém sabe que coisa quer,
Ninguém conhece que alma tem,
Nem o que é mal nem o que é bem.
(Que ânsia distante perto chora?)
Tudo é incerto e derradeiro.
Tudo é disperso, nada é inteiro.
Ó Portugal, hoje és nevoeiro...
.
É a Hora!
.
FERNANDO PESSOA

14 Comentários::

At 6/9/07 6:18 da tarde, Blogger Isabel-F. said...

Pessoa é tb para mim o génio da poesia ...

até ao teu regresso

bjs

 
At 7/9/07 6:46 da manhã, Blogger Menina do Rio said...

Que ânsia distante perto chora?
Tudo é incerto
nada é inteiro!

E viva Fernando Pessoa!

beijo

 
At 7/9/07 10:54 da manhã, Blogger MiguelGomes said...

Pessoa era Pessoa...

Fica bem,
Miguel

 
At 7/9/07 9:10 da tarde, Blogger Ana S. said...

Bonito poema do Pessoa.
Volta logo!
Beijos

 
At 9/9/07 11:37 da tarde, Blogger M. Relvas said...

Um bom descanso VS!

Também vou fazer uma interrupçãp!

Até lá e o poema vem mesmo a calhar!

Um abraço

 
At 10/9/07 5:58 da tarde, Blogger Vera said...

Querido amigo, espero que estejas bem e que esta ausência seja por bons motivos!
Obrigada pelo poema que nos deixaste, mas sinceramente... prefiro realmente Vitor Cintra!

Beijinhos

 
At 10/9/07 10:33 da tarde, Blogger leituras said...

Se bem que com o POETA (como lhe chamas) faças uma despedida - temporária - com chave de ouro, vários poemas teus, que conheço, com sentido idêntico, poderiam ser alternativa ao poema que nos deixas.
Até ao teu regresso.

Boa semana

 
At 13/9/07 12:59 da tarde, Blogger M. Relvas said...

A ausência prolonga-se.
Passei por aqui para te saudar, bem como a todos os comentadores.

 
At 13/9/07 7:22 da tarde, Blogger Bruxinhachellot said...

"Tudo é disperso, nada é inteiro."
Fica bem.

Beijos de Lua Nova.

 
At 14/9/07 3:42 da manhã, Blogger Odele Souza said...

Vítor,
Passando para ver se você voltou e pra te deixar um abraço.

 
At 17/9/07 3:27 da tarde, Blogger Rosa Silvestre said...

Olá Vítor, após o seu regresso, passe pelo criancices, pois tem lá uma surpresa!Bjinhos, RS.

 
At 17/9/07 9:03 da tarde, Blogger Rose said...

Fernando Pessoa é tudo de bom... grande escolha Vítor...

abraços

 
At 18/9/07 2:55 da tarde, Blogger antónio paiva said...

.......

Olá Amigo,

o nevoeiro é mais que muito

é uma praga que nos foi legada por D. Sebastião e não nos livramos dela, por mais escolhas que façamos, sei lá...

(também eu tenho estado ausente, regressando agora aos poucos)
..........................

Abraço

 
At 24/9/07 12:18 da tarde, Blogger Papoila said...

Querido Amigo:
Deixa-nos Fernando Pessoa.
Bela escolha! Nevoeiro denso!
Beijos

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home