segunda-feira, setembro 24, 2007

DE REGRESSO


Depois do recesso de uns tantos dias (mais do que esperava), decidi-me por, quase sem intervalo, fazer umas férias.
A necessidade de ficar a sós comigo, com os meus pensamentos - ou talvez com os meus fantasmas - levou-me até uma pequena aldeia. Foram dez dias de paz. Daquela paz quase absoluta.
Sentia necessidade de uns dias de isolamento, havia já algum tempo. Essa necessidade, nos dias anteriores, acabou por se acentuar. A minha decisão não foi, por isso, difícil.
E foram uns dias retemperadores. Sem rádio nem televisão, sem computador nem telefone, com a leitura por companhia. Aliás, uma excelente companhia.
No regresso, como agradecimento a todos os amigos que por aqui passaram, e prometendo retribuir as visitas de quantos registaram a sua passagem, deixo-vos este poema:
.
L I V R O S
.
Livros são bafos de vida
- Lições de formas de ser
Vindas da alma - à medida
De quem as queira aprender.
.
Por muito que eu saiba agora,
Sempre que leio outro livro
Aprendo mais, numa hora,
Do que, não lendo, consigo.
.
Todos os livros que li
Mais os que vou, ou não, ler
Dizem o que eu aprendi
E o que me falta saber.
.
Vítor Cintra
No livro: MURMÚRIOS

16 Comentários::

At 25/9/07 6:09 da tarde, Blogger antónio paiva said...

...........

como te compreendo Amigo


!

um bom regresso

!

............................

Abraço

 
At 25/9/07 8:29 da tarde, Blogger DigitalnoIndico said...

Viva Vitor! Bom ver-te de regresso.
abc, Ana

 
At 25/9/07 10:59 da tarde, Blogger Alma de Poeta said...

Gostei muito desse poema.... para além de belo é a realidade que tão bem nos transmites em forma de poesia.

Bom regresso ao quotidiano.

Beijo com carinho

Isabel

 
At 26/9/07 6:30 da manhã, Blogger Odele Souza said...

Amigo Vítor,
Todos nós sentimos vontade de vez por outra ficarmos a sós. Isto é necessário e saudável. Mas quero que saiba,que embora respeitando sua ausência, senti saudades e torcia por seu regresso.

Linda a foto deste post e o poema,
uma declaração de amor aos livros.

Fique com meu carinho.

 
At 26/9/07 1:43 da tarde, Blogger Graça Pires said...

Os livros são uma óptima companhia. Bom regresso e um abraço.

 
At 26/9/07 8:36 da tarde, Blogger MUTUMUTUM said...

Cara! Adoro livros também. É sempre bom saber que, ao menos entre nós, os blogueiros, o livro ainda é valorizado e suas palavras absorvidas o/

Abraços o/

 
At 27/9/07 8:50 da tarde, Blogger *©õllyß®y said...

Bom regresso, Livro que é estrada do conhecimento...

Doce beijo

 
At 27/9/07 9:30 da tarde, Blogger Dilma Damasceno said...

Convite para visitar a Página de Poesia "Janela da Minha Rua". Visite-me e deixe o seu precioso comentário em http://janeladaminharua.blogspot.com... em breve será lançado o livro de poesia "Quem sou eu?", que terei o prazer de lhe oferecer um exemplar.

Dilma Damasceno

 
At 27/9/07 11:31 da tarde, Blogger foryou said...

Até parece que andamos combinados :)
Uns interregnozinhos fazem sempre bem, não é?! Seja bem vindo!
E sem tempo para mais deixo-lhe um abraço e um beijo

 
At 28/9/07 12:16 da tarde, Blogger Papoila said...

Gostei muito deste simples hino aos meus melhores amigos por tudo o que aprendi e vou aprender com eles!
Beijos

 
At 28/9/07 3:04 da tarde, Blogger Bruxinhachellot said...

Minhas férias são só em janeiro e não vejo a hora de me libertar do trabalho e sair por aí, curtir a natureza, família e livros que adquiri na Bienal aqui no Rio. Percebo que voltaste com a alma renovada, o que também senti ao ler seu poema. Bom retorno.

Beijos poéticos.

 
At 28/9/07 9:10 da tarde, Blogger Ana S. said...

Olá Vitor!
Às vezes é bom parar para reflectir. São nesses momentos que surge mais inspiração.
É bom ter um livro amigo á mão.
Bom fim de semana.
Beijos

 
At 29/9/07 12:36 da tarde, Blogger Rosa Silvestre said...

Olá Vitor, estou de acordo com a Ana e quando se tem um bom livro por parte ainda melhoe.... a higiene mental é sempre bem-vinda.
Bom fim-de-semana, binhos.

 
At 30/9/07 4:32 da manhã, Blogger Luci Lacey said...

Oi Vitor

Sabia atitude, preciso urgentemente de um descanso deste tipo.

Abracos, bom Domingo e boa semana.

 
At 30/9/07 9:07 da tarde, Blogger sveronica said...

Que bom que voltastes! Doeu esta tua ausência...Mas como sei que estes momentos de reclusão são imprescindíveis para nos recompormos do desgaste corriqueiro e renovarmos nossas energias, eu te perdoo. Só por isso!! Também ando querendo uma fuga assim; mas não quero nem os livros. Quero um campo aberto, onde possa andar à cavalo, um riacho para banhar-me e uma rede pra dormir. Quero caminhar por horas pelas campinas e depois e descansar a sombra de uma paineira, enquanto o vento balança o capinzal.Quero uma fogueira com a lenha crepitando e um violeiro cantando uma guarânia. Pois...

beijinho saudosos e seja bem vindo!

Menina do Rio

 
At 4/10/07 10:52 da manhã, Blogger Vera said...

Foi o descanso do guerreiro!
Como precisava de fazer o mesmo...

Beijinhos

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home