quinta-feira, outubro 04, 2007

PETRÓLEO... combustível de desumanidade?

Clique aqui

Não há palavras que não tenham sido já ditas, e repetidas, até à exaustão.
Não há discursos que não tenham percorrido já as tribunas ou os areópagos do mundo.
Não há manifestações que se não tenham multiplicado já por todos os cantos do globo.
.
Não há, porém, acções que ponham cobro à desumanidade.
.
Mais do que as palavras pesam as imagens. Começo por vos apresentar um vídeo de Abril, e sugiro que vejam depois os restantes, que estão relacionados. Se, depois de ver as imagens e meditar no que representam, algum dos amigos que me visitam, achar que vale a pena ser solidário com um povo, cujo drama acontece, uma vez mais, por causa da riqueza que se esconde no seu subsolo... divulgue, conte, repita o nome deste território DARFUR (veja).
.
S E M ...P E R D Ã O
.
Quem são esses dirigentes
Que sujeitam inocentes
A sofrer tantos tormentos,
Sem ouvir os seus lamentos?...
.
Quem é neste mundo louco,
- Quase sempre por tão pouco -
Que sujeita semelhantes
A martírios tão gritantes?...
.
Como pode um ser humano,
Só por ter na mão poder,
Deixar outros a sofrer?...
.
Por vontade, ou por engano,
Egoísmo ou omissão,
É um crime sem perdão.
.
Vítor Cintra
No livro: MEMÓRIAS

9 Comentários::

At 4/10/07 3:18 da tarde, Blogger Isabel-F. said...

adorei o poema ...

"..Como pode um ser humano,
Só por ter na mão poder,
Deixar outros a sofrer?...
"

será que são humanos???

beijin hos e bom fim de semana

 
At 5/10/07 5:35 da manhã, Blogger Escorpiana Explosiva said...

bom poema + passei aqui só pra desejar bom fds desculpe pelo sumiço

 
At 5/10/07 5:20 da tarde, Blogger Rosa Silvestre said...

Gostei do poema, Vítor.
Está atento aos meus próximos posts.
Bom fim-de-semana.

 
At 6/10/07 11:00 da manhã, Blogger antónio paiva said...

..........

Amigo,

excelente post, pertinente muito pertinente

do poema o que dizer?

excelente, excelente, excelente....

............................

Abraço

 
At 7/10/07 12:29 da tarde, Blogger foryou said...

É lindissimo este poema.
"Por vontade, ou por engano,
Egoísmo ou omissão,
É um crime sem perdão."
Como todos os que advém de poderes egoistas...

 
At 7/10/07 12:39 da tarde, Blogger Fernanda e Poemas said...

Vitor amigo, grata pela tua visita ao Fernanda-Reflexões.
Adorei a tua postagem!
Parabéns.
Bom Domingo.
Beijinhos!
Fernandinha

 
At 7/10/07 10:02 da tarde, Blogger Odele Souza said...

Vítor,
Vi alguns dos vídeos sugeridos aqui por você. Impressionante. Vou ver os vídeos restantes para depois também fazer um post. É como diz o Dalai Lama em um dos vídeos. É preciso usar todos os meios de comunicação para levar a tragédia de Darfur a um público mais vasto. Ninguém pode ficar indiferente a essa tragédia humana. Ninguém.
Um abraço Vítor, e obrigada pelo "toque" e pelo convite à divulgação. É o mínimo que se tem a fazer pelo povo de Darfur.

 
At 9/10/07 2:13 da tarde, Blogger Mário Relvas said...

Caro Victor,
o Ser Humano tem actos desprezíveis.

Cada vez gosto mais de animais. Vou arranjar uma cadelinha ao meu Tommy.

Este não me desilude

Abraço

 
At 22/10/07 10:58 da tarde, Blogger Å®t Øf £övë said...

Vítor,
Até na tragédia e na desgraça consegues fazer poesia!!!
Depois de ler o teu poema a verdade fica bem vindada, mas de tão bem escrito que está acaba por suavizar a tragédia.
Abraço.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home