domingo, maio 06, 2007

DIA DA MÃE

Chaves - Homenagem à Maternidade

Entre nós, há dias evocativos de tudo e mais alguma coisa. Numa vulgarização inacreditável, a panóplia vai das causas mais nobres às mais caricatas.
Pessoalmente, e ainda que considere a banalização tão absurda que, esgotado o calendário, há dias que já servem para mais do que uma evocação, não tenho nada contra. Aliás, parafraseando o meu amigo Ferreira - saloio legítimo, de velha cepa - "Façam lá dias disto e daquilo à vontade. Afinal o pessoal precisa é de comemorar. E não há mal nenhum se de manhã se bebe por conta disto e à tarde em honra daquilo."

Ainda assim, e apesar do meu cepticismo, há algumas datas evocativas (poucas), a que não sou indiferente. Nomeadamente o DIA DA MÃE. Em Portugal comemora-se hoje (1º domingo de Maio).
Antigamente as mães eram homenageadas no dia 8 de Dezembro mas, de há uns anos a esta parte, a data foi alterada para o 1º domingo de Maio. Muita gente discorda desta alteração, mas não creio que isso seja importante. Afinal «dia da mãe» até é todos os dias, que importa lá se é neste ou naquele dia que deve ser homenageada.
Quanto a mim, e porque acho que a minha MÃE merece mais do que isso, faço questão de a homenagear nas duas datas.
É essa a intenção deste apontamento. Homenagear publicamente a minha MÃE. E, ao fazê-lo, tornar extensiva a todas as mães essa homenagem.


M Ã E

O homem 'scolhe, na vida,
Tudo aquilo que ela tem,
Trabalho, roupas, comida,
Só nunca escolhe uma mãe.

Cada qual pode escolher
Muitas coisas, ou nenhuma,
Família, casa, mulher,
Mas quanto à mãe... é só uma.

E mesmo que se não goste
Do modo de ser da mãe,
Não cabe ao filho que o mostre;

É que a mãe, de que nasceu,
Cada um de nós só tem
Aquela que Deus lhe deu.

Vítor Cintra
No livro: DISPERSOS

14 Comentários::

At 6/5/07 1:03 da manhã, Blogger Águas da Vida said...

Lindissimo poema e excelente homenagem as maes, merecido.
Obrigada pela sua visita.
Um excelente domingo para ti.
Big Kiss

 
At 6/5/07 12:11 da tarde, Blogger solmariense said...

Elegemos o seu Blog como um dos 5 Blogs que nos fazem pensar.

http://belezasmarienses.blogspot.com/

 
At 6/5/07 12:59 da tarde, Blogger Alma de Poeta said...

Amigo

Que tenhas um excelente dia,continuas aqui com um trabalho de muita qualidade, só te posso dizer que continues.

Deixo um beijo com muito carinho e amizade

 
At 6/5/07 6:56 da tarde, Blogger antónio paiva said...

...........

que nem mães nem filhos, sintam o frio da indiferença

(bem sei que é utopia, mas não devia ser)

..................

Abraço e boa semana

 
At 6/5/07 7:39 da tarde, Blogger foryou said...

Um dia todos os dias vão ser dia da mãe para todos os filhos! Porque não ter esperança que assim seja?!

 
At 6/5/07 9:48 da tarde, Blogger sonhadora said...

Um post com um texto e um poema lindos.
Beijinhos embrulhados em abraços

 
At 6/5/07 11:47 da tarde, Blogger Alexandre said...

A minha mãe continua a dizer que Dia da Mãe é a 8 de Dezembro... e isso influencia-me no bom sentido porque assim pelo menos ela tem dois dias por ano... mas como sou bom filho - modéstia à parte - ela tem um Dia da Mãe todos os dias... Ainda bem, para ela e para mim...

Um abraço!!!

 
At 7/5/07 1:23 da manhã, Anonymous hilda said...

Mãe não se escolhe... poema de verdades e ternura. Lindo e sensível homenagem a tua mãe!

Aqui no Brasil o Dia das Mães acontece no segundo domingo do mês de Maio.

Beijos a esse filho que ama sua mãe!

 
At 7/5/07 2:17 da tarde, Blogger sonhadora said...

Uma palavra pequena das maiores que o mundo tem.
Acontece sempre alguma coisa quando se sonha. Nas praias do coração as ondas rebentam em cristais estrelados.
Beijinhos embrulhados em abraços.


S______________________


onhadora ***

 
At 7/5/07 3:31 da tarde, Blogger soslayo said...

Um Poema - Vítor Cintra:

Concordo contigo. Há dias para isto e para aquilo e, isso deve-se ao consumismo implantado pelo homem e pelo comercio em geral! Também para mim defendo o dia de Nª Sr.ª da Conceição em 8 de Dezembro como o dia da MÃE. Porquê se mudas os dias quando o sentimento mais Nobre que é a dos filhos para suas mães, não tem dia!? De facto podemos escolher tudo menos a MÃE e ainda bem que assim é, pois ao contrário não seria um sentimento profundo. Lindo soneto para as nossas mães. Obrigado Poeta Vítor. Um abraço.

 
At 8/5/07 12:00 da manhã, Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Vítor,
Todos os dias são dias da Mãe. É uma palavra perfeita, Mãe. E como tantas outras que reúnem o essencial da vida só precisa de três letras para ser enorme... Mãe como Sol, Mãe como Lua, Mãe como Mar, Mãe como Céu.
Abraço.

 
At 8/5/07 12:59 da tarde, Blogger Ana S. said...

Bonito poema para as mães.
São as melhores pessoas do mundo e estarão sempre do nosso lado independentemente das asneiras que façamos.
Beijos

 
At 8/5/07 3:49 da tarde, Blogger Rosario Andrade said...

Bom dia!
...felizmente este ano pudemos comemorar o dia da mae todos juntos, desde que eu sou exilada. Adorei!

Bjicos

 
At 8/5/07 4:55 da tarde, Blogger Vera said...

Meu amigo, já tinha lido este poema e não consegui comentar...
Mãe é realmente só uma! E Mãe é Amor incondicional.
Quando se perde uma mãe ficamos orfãos...

Beijinhos

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home