domingo, junho 28, 2009

T V I - E os tentáculos...

(imagem recolhida na internet)

Esta peculiar «demokratia» está tão debochada, tão desacreditada, tão sem rei nem roque, tão feita de compadrios e mentiras que, diariamente assistimos ao inimaginável.
Dois casos, apenas para ilustrar esta minha opinião:
1/ No mesmo dia, num curto intervalo, ouvimos duas versões completamente opostas sobre a permanência em funções de um determinado funcionário superior, suspeito de ilícitos. Na primeira, o ministro responsável pela pasta diz que, só depois de ouvir o funcionário, numa reunião agendada, tomará uma decisão. Na segunda, alguns minutos depois, o primeiro ministro confrontado com a questão, diz que o ministro já tomou a decisão de substituir o funcionário.
Quem é que mente?... O ministro que disse que tomaria a decisão depois de ouvir o funcionário, ou o primeiro ministro que afirmou aos parlamentares que o ministro já tinha tomado a decisão?
.
2/ É pública a animosidade do sr. Sócrates, relativamente a alguns órgãos de comunicação social, que o não bajulam, ou que seguem uma linha editorial menos instrumentalizável. A estação TVI de televisão, é talvez o seu inimigo de estimação maior, no mundo jornalístico.
Apesar da "Golden Share" do Estado no capital da Portugal Telecom o sr. Sócrates, confrontado com os contornos da negociata, afirmou ao Parlamento desconhecer que a PT se preparava para assumir o controlo da estação televisiva em questão. Insurgindo-se contra os parlamentares por estarem a questioná-lo sobre um assunto de mero interesse empresarial (segundo ele).
.
A análise das questões que, quer as negociatas, quer as afirmações do político levantam, não devem passar sem uma reflexão séria.
A verdade é que nem sequer sei bem o que é que é mais grave.
Se o, alegado, desconhecimento do primeiro ministro, sobre uma decisão estratégica numa "Golden share" - o que, a ser assim, demonstra a completa incompetência governativa -, ou se as afirmações, proferidas naquele tom arrogante, no seu costumado jeito de "prima dona" ofendida, contra uma oposição que o confronta com a negociata, sob o pretexto de que se trata de um mero negócio, sobre o qual o governo não tem que se pronunciar.
.
«Quem não quer ser lobo... não lhe veste a pele»
M E N T I R O S O
.
Político mentiroso
Mente uma vez, sempre mente;
Mas o que é mais curioso,
Mente compulsivamente.
.
Político mentiroso,
Nem já disfarça que mente;
Naquele tom belicoso
Mente descaradamente.
.
Político mentiroso,
Nem sabe já porque mente;
Mas quando está furioso
Mente até à sua gente.
.
Político mentiroso,
Mente, mente, mente, mente;
Mas o que é mais vergonhoso
É pôr um ar de inocente.
.
Vítor Cintra

5 Comentários::

At 29/6/09 2:32 da tarde, Blogger Teresa Durães said...

espero que nas legislativas se lembrem do quanto mente...

 
At 30/6/09 12:36 da manhã, Blogger Ana Martins said...

Os meus aplausos Vítor, admiro a sua frontalidade, por isso mesmo lhe ofereci no meu post com o titulo PRÉMIOS o selo "O TEU BLOGUE MERECE SER FILMADO"

Beijinhos,
Ana Martins

 
At 30/6/09 2:00 da manhã, Anonymous MR said...

Passo e deixo um abraço.

 
At 30/6/09 2:15 da manhã, Blogger Mário Relvas said...

Vitor,
Caro amigo, o comentário anterior é meu. Não estava registado. Não quis que tivesses dúvidas. Aproveito para te dizer que vou descansar da net. Preciso de preparar Agosto, a viagem, as férias, os lugares, as rotinas alteradas, de modo a que o nosso Bruno não sinta tanto as dificuldades que lhe são inerentes e nós também consigamos dar-lhe o melhor da nossa força, apesar do cansaço que provoca 3o dias dia e noite sempre os três.
Portugal ainda não conseguiu ter alguém capaz de olhar os autistas e os seus familiares, com olhos de ver. Ai o mês de Agosto... Agosto...
Mais uma vez nos viraremos!

Um muito obrigado pela tua amizade e gentileza: Eu não esqueço!
Abraço e até lá

 
At 3/7/09 3:28 da tarde, Blogger Bruxinhachellot said...

Eles acreditam que é assim que deve ser, pois assim sempre foi. Por isso nunca muda. Mentir é algo natural para os políticos tal como andar, comer, gastar dinheiro público.
Beijos doces.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home